contato@editoraviva.com.br (35) 9 8723-4956

Soy loco por ti America

A cobiçada Copa Libertadores movimenta a paixão pelo futebol no Continente

por Leonardo Ortiz, em 06 de Abril de 2022

Foto Principal Começa hoje a Copa Libertadores, a maior competição do futebol sul americano e a segunda maior do planeta, só atrás da Champions League. E o Brasil é o maior protagonista da competição, com nada menos que oito times entre os 32 que disputarão a fase de grupos. Poderiam ser nove, caso o Fluminense não tivesse tropeçado no Olímpia na pré Libertadores.

A competição que já foi amplamente dominada por clubes argentinos e uruguaios, hoje tem no Brasil a maior referência. Nos últimos 30 anos, metade foram ganhos por brasileiros. E a imensa vantagem de títulos que os argentinos tinham até o começo dos anos 90, agora encolheu para apenas 4 e ao que tudo indica pode encolher ainda mais este ano. As últimas 3 edições foram vencidas por clubes brasileiros e a diferença financeira e de nível técnico entre os clubes brasileiros e os demais aumenta a cada ano.

Entre os maiores favoritos aparecem o Palmeiras, que tenta o tetracampeonato, o terceiro consecutivo, e também o Atlético Mineiro, com seu elenco estrelado e atual campeão brasileiro e da Copa do Brasil. O outrora favoritíssimo Flamengo, caiu de patamar e vive fase de instabilidade e corre por fora, junto com o River Plate da Argentina. Corinthians, Bragantino e Boca Juniors também podem surpreender e chegar longe na competição. Os demais farão parte da festa porém com poucas chances de título.

Vale destacar a presença dos demais times brasileiros, como o Atlético Paranaense, que não vive um grande momento e não deve ir muito longe. O Fortaleza e o América Mineiro são as grandes surpresas e jogam a competição pela primeira vez na história, e a simples participação deles já é uma conquista. Já o Bragantino, que disputa o torneio pela segunda vez tem um time forte e equilibrado que pode chegar nas fases finais, mas caiu num grupo muito difícil. Se passar certamente lutará pelo título. O Corinthians tem um elenco muito qualificado mas que até agora não engrenou e é uma incógnita, mas pode entrosar e crescer durante o decorrer do torneio.

Não tem como deixar de destacar a participação do Flamengo, que atropelou seus adversários na conquista do título em 2019, mas que desde então tem oscilado e perdeu a final do ano passado para o Palmeiras. Aliás, o alviverde e o Galo mineiro talvez sejam os maiores favoritos na disputa do título, com elencos muito fortes e entrosados e que certamente chegarão nas finais. Fora do favoritismo brasileiro, apenas o River Plate parece ter força e chances de roubar o provável título das mãos de um clube brasileiro, mas corre por fora. Já o Boca Juniors não parece ter a mesma força de outros anos e não está entre os favoritos.

Não faltará emoção até o dia da grande final, que este ano será realizada em Guayaquil, no Equador. O Barcelona, time local que costuma estar presente na maioria das Copas Libertadores, este ano não conseguiu se classificar para a disputa do torneio e não terá a oportunidade de jogar a final em seu estádio. Quem sabe não teremos mais uma final brasileira fora do país, assim como foi em 2021, quando o Palmeiras chegou ao tricampeonato superando o Flamengo, em Montevidéu, no Uruguai.

Vamos ver mais fotos?

Confira abaixo mais imagens!

O que achou do conteúdo?

Deixe seu comentário abaixo!