contato@editoraviva.com.br (35) 9 8723-4956

São Lourenço também tem Rugby

Esporte desconhecido pela maioria das pessoas desponta em São Lourenço

por Leonardo Ortiz, em 21 de Maio de 2022

Foto Principal Pode se dizer que o Rugby é um esporte para os fortes pois definitivamente a força física faz toda a diferença no desempenho dos atletas que o praticam. E no Brasil o esporte é praticamente desconhecido e muitos ainda o confundem com o futebol americano. Realmente há muitas semelhanças entre as modalidades, mas também há diferenças bem perceptíveis, como o uso de equipamentos de proteção que o futebol americano tem e o Rugby não, além de algumas regras de jogo.

E por incrível que pareça, São Lourenço possui uma equipe de Rugby que disputa competições regionais e nacionais, e entre os integrantes da equipe um dos atletas se destaca e joga na seleção brasileira adulta. Otávio Guimarães Dias, de 18 anos, é são lourenciano e joga na posição de “hooker”, que tem a função de armar as jogadas de ataque e coordena os jogadores de defesa. O jovem atleta descobriu seu talento na adolescência quando passou uma temporada no Chile e se apaixonou pelo esporte, se destacando em todas as categorias até chegar na seleção adulta.

O primeiro grande desafio internacional que Otávio terá pela frente será no mês de junho, quando a seleção enfrentará a África do Sul, uma das potências mundiais do Rugby. Um desafio e tanto, e o jogo será do outro lado do mundo, na Austrália, lar dos cangurus. Esse não será o primeiro confronto com outra seleção, mas o primeiro contra uma das grandes forças do esporte e Ottávio garante que jogarão pra ganhar. “Sabemos da dificuldade e da diferença de nível técnico e da tradição que eles tem”, destaca Otávio, “mas temos uma boa seleção, com vários jogadores que já jogam na Austrália e podemos equilibrar o jogo com muita raça e vontade de vencer”.

Como o Rugby ainda é um esporte que beira o amadorismo no Brasil, e não conta com patrocínios de peso como em outros esportes mais populares, Otávio está se desdobrando para viabilizar a sua viagem para a Austrália, já que a confederação de Rugby só consegue arcar com parte das despesas da viagem, como alimentação e hospedagem. Por isso, o jovem atleta está buscando recursos de todas as formas, através de rifas entre amigos e parentes e outras ações para arrecadar fundos para a compra da passagem e outras despesas, uma vez que ele pensa em ficar em terras australianas pelo menos até o final do ano para se aprimorar no Rugby e nos estudos.

A Editora Viva apoia todos os esportes e ficará na torcida pela Seleção Brasileira e por Otávio no desafio do dia 05 de junho contra a África do Sul, e quem sabe possam entrar para a história diante de uma das potências mundiais do Rugby. Dos nossos “hermanos” argentinos, que tinham a supremacia continental, a seleção brasileira já equilibrou e começa a superar seu grande rival. Agora é pensar em voos mais altos.

Vamos ver mais fotos?

Confira abaixo mais imagens!

O que achou do conteúdo?

Deixe seu comentário abaixo!